NOTÍCIAS
Convênio com Itaipu reforça obras na Região Oeste do Paraná

Prefeitos de 54 prefeituras assinaram, na manhã desta segunda-feira (18), em Curitiba, convênios com a Itaipu Binacional para a realização de obras na área rural, tais como a recuperação de estradas, proteção de nascentes e cursos d’água, conservação de solos, entre outras. No total, nos próximos três anos, serão investidos R$ 250 milhões, sendo R$ 150 milhões da Itaipu e R$ 100 milhões das prefeituras.
Com os novos convênios, a Itaipu expandiu a abrangência de suas ações socioambientais, de 29 municípios da Bacia Hidrográfica do Paraná 3 (28 no Paraná e um no Mato Grosso do Sul), para outros 25 municípios do Oeste.
Para o prefeito de Matelândia, Rineu Menoncin, que preside a Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop), a cooperação com a Itaipu vai melhorar não só as condições ambientais, como a infraestrutura para os produtores rurais. “É uma parceria de suma importância para os municípios, que passam a não depender só do estado ou do governo federal”, afirmou Menoncin.
O diretor-geral brasileiro de Itaipu, Luiz Fernando Leone Vianna, lembrou que não foi por acaso que a usina binacional estabeleceu novo recorde mundial de geração de energia em 2016, com mais de 103 milhões de megawatts/hora gerados no ano. “Isso se deve, também, aos cuidados com a água, que é nossa matéria-prima para gerar energia. E com esses convênios, que preveem uma série de medidas nos municípios do entorno, será possível estender a vida útil de nosso reservatório”, afirmou.
A assinatura contou com a presença da diretoria brasileira da Itaipu, da governadora em exercício, Cida Borghetti, do ministro da Saúde, Ricardo Barros, da presidente do Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e prefeita de Mercedes, Cleci Loffi, do presidente do Banco de Desenvolvimento da Região Sul (BRDE), Orlando Pessuti, deputados estaduais e federais.
Cida Borghetti destacou que a parceria com os 54 municípios é histórica e dará condições ambientais e sociais à região. “A Itaipu levará a sua experiência aos municípios que apresentaram bons projetos”. A governadora citou, entre outras tantas conquistas que serão possíveis com esta parceria, “a recuperação de estradas rurais, plantio da mata ciliar, conservação de solos e a instalação de abastecedouros comunitários”.

O ministro Ricardo Barros ressaltou que a parceria entre Itaipu e os municípios contribui para diminuir a centralização do governo federal, dando maior autonomia às prefeituras. "É um investimento que fará uma grande diferença, uma vez que a região Oeste concentra boa parte do PIB paranaense, especialmente pela presença de algumas das principais cooperativas do Estado", disse o ministro.
Representando o Conselho dos Municípios Lindeiros, a prefeita de Mercedes, Cleci Loffi, ressaltou a grandeza dos novos convênios. “A ampliação das ações socioambientais para 54 municípios contempla, na verdade 1,3 milhão de pessoas que moram no Oeste paranaense”. Cleci ainda destaca que os R$ 250 milhões irão fortalecer ainda mais a região, dando novas oportunidades para que o progresso local seja ainda maior.
Para o município de Mercedes, a renovação do convênio com Itaipu significa a realização de novas obras importantes para os moradores. “Há muito tempo buscava recursos para a construção de uma nova ponte entre Mercedes e Nova Santa Rosa, e conseguimos agora com a Itaipu”. A previsão é de que a obra se inicie em fevereiro para que em dezembro seja entregue aos moradores. “A nova ponte, de 31 metros de extensão, beneficiará principalmente os produtores rurais que fazem este trajeto diariamente”, explica Cleci.
Para o prefeito de Palotina, Jucenir Leandro Stentzler, o convênio com a Itaipu vai além da questão financeira. “Estamos sempre buscando recursos para atender cobranças antigas que temos na nossa cidade e região. Mas essa mão amiga que Itaipu hoje nos dá também é muito importante na parte técnica. Nos dará estrutura para desenvolver projetos de adequação de estradas ou recuperação das bacias, por exemplo.”
Assim com Palotina, Iracema do Oeste também é uma das 25 novas cidades que passam a ser atendidas pelo convênio de Itaipu no Oeste do Paraná. “Um motivo de orgulho para nosso município que é pequeno, mas cheio de demandas. Tenho certeza que seremos contemplados em todos os projetos apresentados”, ressalta Donizete Lemos.
Parceria
Nos últimos 14 anos, nos 29 municípios que compõem a Bacia do Paraná 3, as parcerias entre Itaipu e as prefeituras resultaram em 217 microbacias hidrográficas trabalhadas. Ao todo, são mais de 2.500 km de estradas rurais recuperadas, quase 30 mil hectares com ações de conservação de solos, 175 abastecedores comunitários instalados e 1.300 km lineares de matas ciliares restauradas e protegidas por cercas, entre outros resultados, que contribuíram para que Itaipu recebesse, em 2015, o prêmio Water for Life, de melhor gestão da água, pela ONU-Água. O plano de trabalho a ser desenvolvido nos novos municípios contempla ações semelhantes, voltadas à melhoria das condições ambientais e sociais da região.

 

Fonte: Itaipu