NOTÍCIAS
Melhoramento genético da tilápia será debatido no Encontro Regional de Piscicultura

A importância de melhorar a genética da tilápia produzida em cativeiro no Oeste do Paraná será um dos temas do 1º Encontro Regional de Piscicultura, no dia 25 de maio, às 8h, no Centro de Convenções Ismael Sperafico, em Toledo. O evento é organizado pela Câmara de Peixe do Programa Oeste em Desenvolvimento (POD).

O objetivo do Encontro é debater as tendências da atividade na região, considerada referência para o Brasil. “O bom desempenho da piscicultura no Oeste já estampou várias revistas especializadas, em 2017, mas ainda é preciso investimentos e estudos, explicou a secretária da Câmara Técnica de Peixe, Victória Diniz
Para participar basta se inscrever pelo link: https://goo.gl/7raVsJ

Tilápia
Um dos focos do evento será como o melhoramento genético da tilápia pode contribuir para o crescimento da atividade.

O especialista Elias Nunes Martins, agrônomo e doutor em Zootecnia, adiantou que melhorar a qualidade dos os alevinos dentro da propriedade seria um ganho muito grande. A justificativa é que apesar de a piscicultura no Oeste ter um volume grande de produção, depende da compra de alevinos com genética desenvolvida de fora, dificultando a adaptabilidade e sobrevivência dos peixes. “Além da sobrevivência, dificulta o acasalamento e resistência ao manejo”, disse.

Durante a palestra Martins abordará desde a necessidade dessa prática até a implantação e execução do programa. “Quando produzimos nossos próprios alevinos, temos condições de fazer várias avaliações, inclusive, qual o interesse do mercado e quais características devemos priorizar para atender as demandas de venda da tilápia”, explicou.

Outros temas