NOTÍCIAS
Oeste em Desenvolvimento apresenta números socioeconômicos da região

Qual a população do Oeste do Paraná? E o rebanho de suínos? Qual o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de Lindoeste? Qual o município da região que mais produz leite? E tilápia? E trigo? Qual o faturamento das Cooperativas? Quanto elas investiram nos últimos anos? Quantos empregos diretos são gerados pelo setor turístico no oeste paranaense?

Essas e outras perguntas estão respondidas no Informativo “Oeste do Paraná em Números”, lançado pelo Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), com o objetivo de informar a população, jornalistas e lideranças públicas e privadas dados importantes na hora da tomada de decisões.

O boletim foi produzido pelo “Observatório Territorial” e está disponível para download no site do POD pelo link:

http://www.oesteemdesenvolvimento.com.br/src/pagina_arquivo/14.pdf

“Essa é uma publicação compacta. De escrita fácil. E de fácil compreensão. Nosso propósito é que todos consigam ler, se informar e conhecer detalhes dos nossos municípios”, explicou o coordenador do Observatório Territorial, Flavio Rocha.

O informativo “Oeste do Paraná em Números” é um resumo dos três “Boletins de Conjuntura Socioeconômicas do Oeste do Paraná”, publicado pela Editora Parque Itaipu, da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI).

As três edições trouxeram dados sobre educação, produção agropecuária e os empregos e estabelecimentos da região. Todas as edições estão disponíveis para download no site do programa: www.oesteemdesenvolvimento.com.br.

Comparativos

O Informativo faz também um comparativo entre a região Oeste, o Paraná, a Região Sul e o Brasil. Juntos os 54 municípios do Oeste tem uma população de 1.309.564 habitantes. Cerca de 12% da população paranaense: 11,32 milhões de pessoas. O documento também faz uma comparação entre os moradores da área rural e da área urbana.

O “Oeste do Paraná em Números” mostra ainda que muitos municípios da região estão com IDH maior que a média nacional e estadual. Mas também relata aqueles com os piores índices, como Diamante do Oeste e Ramilândia.

Outro dado é o rebanho de suínos. O Oeste tem 63,5% do rebanho do paranaense. E Paraná tem o maior rebanho do Brasil. Toledo e Marechal Cândido do Rondon são os municípios com o maior número de suínos da região Sul. A região representa 22,3% da produção de ovos e 31% do efetivo de galináceos do Estado. São 106,9 335 milhões de aves no Oeste.

A região, por exemplo, concentra 73% da produção de Tilápia do Paraná. Nova Aurora e Maripá são os maiores produtores. Juntos, produzem quase 16 milhões de quilos do peixe por ano.

Na área agrícola não é diferente. A região é responsável por 35% da produção de milho paranaense; 21,3% da de soja e 12,8 % de trigo.

Empregos

A atividade que mais empregam no Oeste são: administração pública; abate de suínos, aves e outros pequenos animais; transporte rodoviário de carga e, restaurante e outros estabelecimentos de serviços de alimentação e bebidas.