NOTÍCIAS
Oeste em Desenvolvimento premiará soluções inovadoras

Estão abertas as inscrições para a 1ª edição do Prêmio Regional de Inovação -  Inova Oeste. Promovido pelo Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), através do Sistema Regional de Inovação (SRI), o objetivo da disputa é reconhecer as melhores soluções inovadoras aplicadas em organizações públicas e privadas nos 54 municípios da região, entre os anos de 2016 e 2018.


O POD reúne mais de 60 instituições públicas e privadas, entre elas, a Itaipu Binacional.

“Nossa proposta é fomentar a ciência e inovação no território. Conhecer e reconhecer práticas inovadoras capazes de mudar a forma como encaramos as organizações”, explicou Claudecir dos Santos, integrante do SRI.


As inscrições podem ser feitas até 21 de outubro pelo site: http://premioedesafio.oesteemdesenvolvimento.com.br/inovacao. No site também é possível fazer o download do edital.

 

O prêmio avaliará projetos em três categorias: práticas inovadoras organizacionais; inovação em produtos e inovação em processos.

 

O resultado será anunciado durante o Fórum de Desenvolvimento Econômico do Território Oeste, no dia 29 de novembro, no Parque Científico e Tecnológico de Biociências (Biopark), em Toledo.

 

Quem pode participar

 

Podem participar do Inova Oeste pessoas físicas, startups, empresas públicas e privadas, instituições de ensino e pesquisa e organizações públicas, desde que pertençam aos municípios da área de abrangência da Itaipu Binacional.

Os primeiros colocados em cada categoria receberão troféus, medalhas e participarão de uma missão a um Centro de Inovação. Os segundos e terceiros colocados receberão troféus e medalhas.


POD

 

Lançado em 2014, o Programa Oeste em Desenvolvimento é uma iniciativa que une mais de 60 instituições públicas e privadas como a Itaipu Binacional, o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), o Sebrae/PR, o Sistema Cooperativo, a Caciopar, a Amop, a Emater, a Fiep, além de cooperativas e instituições de ensino superior.

O programa tem como objetivo promover o desenvolvimento econômico sustentável dos 54 municípios do oeste do Paraná por meio de ações integradas e com foco nas potencialidades regionais. Toda a ação tem como base as sete cadeias produtivas do território, também chamadas de exportadoras, pois recebem recursos e investimentos de outras regiões brasileiras e até do exterior. São elas: Cadeia de Frango, Cadeia do Leite, Cadeia de Suíno, Cadeia de Pescado, Cadeia de Grãos, Industria Metalmecânica e Turismo.