NOTÍCIAS
Seminário debaterá ofertas e demandas de energia da região Oeste

A oferta e a demanda de energia necessária para garantir o crescimento econômico na região Oeste serão debatidas dia 24, durante o 4º Seminário de Energias Renováveis como Vetor de Desenvolvimento do Oeste do Paraná, promovido pelo Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), com o apoio da Itaipu Binacional.
O seminário, que será realizado no Anfiteatro Central da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR), com início às 9h, reunirá empresários, produtores, fornecedores de energias, prefeitos, secretários de Meio Ambiente e pesquisadores da região. O objetivo é incentivar o aproveitamento das fontes de energias alternativas como o biogás e a solar, melhorar a eficiência energética e ampliar a geração distribuída, assim evitar que os produtores dependam exclusivamente de uma única fonte de energia. 
As inscrições podem ser feitas pelo link: https://goo.gl/mmzgvK

Segundo o coordenador da Câmara Técnica de Energias do POD, Rafael Gonzalez, o tema energia é prioritário para o POD. “Sabemos que no curto prazo a demanda é maior que a oferta, mas precisamos saber por quanto, para poder nos preparar”.
O debate também servirá para conhecer a qualidade de energia que chega ao consumidor final com atividades, principalmente, voltadas na cadeia do agronegócio, que é a vocação regional. Segundo o presidente do POD Danilo Vendruscolo, já se sabe o uso de fontes alternativas ajudaria a resolver o problema da instabilidade da energia e promover o crescimento das cadeias produtivas, mas precisamos saber da viabilidade. “Com este panorama, conseguiremos levantar quanto as fontes alternativas são importantes. E o que precisamos fazer para que elas sejam viáveis economicamente”.
Atividades
O Seminário será dividido em exposição de fornecedores da cadeia de energias; apresentações de casos de sucesso na geração e comercialização de energias alternativas e plantas modelos de geração de energia solar e biogás como o uso da Energia Solar Fotovoltaica no meio rural; Eficiência Energética na criação de frangos; Geração e Uso do Biogás no meio urbano.
As regras e políticas de Financiamentos para Projetos de Energias Renováveis e as políticas públicas como instrumento de desenvolvimento do setor de energias limpas e renováveis também serão discutidas durante o evento, assim como os modelos jurídicos e contratuais.